Para seguir não é preciso ter blog é só ter um gmail e clicar em "Participar deste site" na caixinh

falando sobre croche...

vamos saber um pouquinho mais sobre a arte de fazer croche!!!!!!

O reconhecimento do crochê como manifestação artística
Depois que a rainha Vitória aprendeu a fazer crochê, parte do estigma de que ‘crochê era coisa para pobre’ acabou e o crochê evoluiu como uma forma de expressão artística.
Com o final da ‘era vitoriana’ em 1890 as rendas de crochê tornam-se ainda mais elaboradas. As cores fortes desapareceram dando lugar aos tons claros e brancos.

O  Século 20
Após a Primeira Guerra Mundial, houve um declínio na publicação de receitas e na sua maioria elas eram bem mais simples do que aquelas publicadas no início do século. Após a Segunda Guerra Mundial, a partir do final dos anos 40 até início dos anos 60, houve um ressurgimento do interesse em artesanato principalmente nos Estados Unidos, onde aconteceu uma verdadeira ‘revolução’ nas receitas. Surgem receitas com projetos de toalhas coloridas, pegadores de panela, mantas e outros acessórios para casa. Começa-se a usar fios mais grossos e consequentemente as agulhas também evoluem.
Capa de uma publicação da década de 50

A partir da década de 70 a ‘nova’ geração acabou  descobrindo uma série de motivos de crochê tais como os quadradinhos’ que viraram febre junto ao ‘geração’ paz e amor, ganhando as roupas e as capas de revista da epoca.
Revista de crochê da década de 70
 de 1980 a 1990
Assim como para o tricô, o crochê não teve vez durante os anos 80 a 90.  Podemos até falar que esta  foi a década ‘pobre’ para as artes manuais e domésticas, porque afinal ‘a mulher emancipada trabalhava fora e não tinha tempo para banalidades ou manualidades.’

 de 2000 – 2010 
A primeira década deste século trouxe um ressurgimento do crochê na moda,visto muitas vezes nas passarelas,em roupas, acessorios,  e ate em biquinis. Ao longo de uma década sempre nos deparamos com peças artesanais nos desfiles mais concorridos, e que vem ganhando cada vez mais o gosto das pessoas.


 ate o proximo post... bjs

11 comentários:

  1. Vim retribuir a visita. Vc acredita que no primeiro ano do blog eu aprendi croché, agora esqueci? Preciso recomeçar :) Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrs, eh assim mesmo, as vezes a gente passa um tempo sem fazer e acaba dando um branco, mais eh so vc comecar a fazer de novo, que logo relembra tudo.. obrigado pela visitinha,,, bjs

      Excluir
  2. Oi Paulinha!
    Que legal o post, muito bacana.
    Legal saber como tudo começou.
    bjs, ótimo final de dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eh verdade eu mesma nao, sabia, da historia do croche, e sempre bom saber um pouquinho mais ne bjs... e obrigado pela visita...

      Excluir
  3. Olá... vim retribuir sua visita!!!
    Crochê!! Um dos meus planos para o ano que vem... quero muito aprender:)

    Beijos:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eh muito bom fazer croche, vanessa, parece meio dificil, mais depois que vc aprende nao quer parar mais...

      Excluir
  4. Oii
    Que legal conhecer a história do crochê, parabéns pelo post!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigado.. e que bom que vc gostou... volte sempre bjs

      Excluir
  5. Obrigada pela visitinha em meu blog florzinha! Já tow te seguindo.

    Beijinhos


    http://marla-grace.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. obrigado pela visita e fico feliz que esteja me seguindo, cada seguidor que ganho, comemoro muito e me deixa muito contente... bjs e volte sempre..

    ResponderExcluir
  7. Olá Paulinha

    Embora conheça o início do crochet, gostei de reler e saber mais alguns pormenores muito bem ilustrados com fotos.Parabéns pela recolha da informação.

    Abraço
    Nélia

    ResponderExcluir

fico muito feliz com sua visita ao meu cantinho, e mais ainda por comentar e deixar se carinho... que deus abencoe e volte sempre.... bjks paulinha

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blog Circulo

Circulo no Facebook

Twitter Circulo